Se os nomes Asteroids, Missile Command, Centipede, e Vingança de Yar não significam nada para você, então é provável que você estava entre um dos primeiros geração de jogadores que abraçaram Atari nos anos 70 e início dos anos 80. Quase 40 anos atrás, o Atari 2600 começou uma nova era de jogos de entretenimento domésticos , muitas vezes as caixas das artes (fitas dos games) não tinham muito a ver com os próprios jogos em si. Ainda este ano, a Dynamite Entertainment vai celebrar o legado do Atari com uma nova capa dura chamada “The Art of Atari”.

“The Art of Atari” foi escrito e compilado por Robert V. Conte e Tim Lapetino, com a contribuição de Ernest Cline para a evolução do livro,  autor de “Ready Player One” e “Armada”. “The Art of Atari” baseia-se nas obras das artes encomendadas para os sistemas de entretenimento doméstico da empresa de jogos eletrônicos e, bem como a propaganda das imagens icônicas. Além disso, o livro apresenta perfis de várias figuras importantes da empresa, bem como um extenso olhar por trás da história da própria Atari, como um making off da história dos primórdios da indústria de videogames.

“Atari liderou uma transformação da consciência de toda uma geração”, disse Conte em um comunicado. “À medida que os quadrinhos mudaram a face do entretenimento americano na década de 1930 e 1940, os jogos de vídeo game fizeram algo a mais nos anos 1970 e 1980. Começando com Pong , a empresa mudou o nosso mundo para sempre.”

Lapetino acrescentou que “o Atari é lembrado como o pioneiro dos jogos de vídeo … mas a empresa era muito mais do que isso. A cultura criativa da Atari estabeleceu o padrão para startups do Vale do Silício, enquanto a sua abordagem de arte e design-driven produziu um corpo incrível de trabalho em ilustração, design gráfico e design industrial “.

Dynamite anunciou The Art of Atari neste fim de semana na Emerald City Comicon, e lançou algumas páginas de visualização online. Confira uma delas:

Leia mais em Notícias!